quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

2018

2018: Arcano 11.

"O Arcano 11 anuncia a chegada de 2018, trazendo a energia feminina, vitalizadora, a sensualidade, a autoridade, o prazer, o domínio, o equilíbrio, a libido, afetividade e o amor incondicional.

Ano 11, momento ímpar da vida, no qual se obtém tudo que deseja de maneira equilibrada, virtuosa e honrada; Vitória da inteligência sobre a ignorância, o controle (mas não a solução) de todos os problemas com força moral e natural.

Ano que traz a energia do sucesso e domínio sobre todas as situações; controle e segurança profissional, financeira, empreendimento total ou vitória absoluta da vontade, equilíbrio e poder em qualquer circunstância; realizações por livre arbítrio, sorte.

Muita  determinação e convicção, mas com paciência e serenidade, inteligência criativa, planejamento perfeito ou zelo nos projetos, lógica e julgamentos sadios, expressão e comunicação bem equilibradas, boa retórica e excelente argumentação.

Espiritualmente vai ser um ano que vamos retornar o equilíbrio e a paz interior,  a força positiva que envolve a aura e os chakras, muita proteção de seres superiores e de luz; poder mágico que deve ser usado para o bem ou causas nobres.

Ano que vai ser regido pelos Orixás:  Xangô, Iansã e Exu. Um trio excepcional!

Nossa adorada Mãe Iansã entrando em 2018 com seus “ventos”, fazendo assim balancear os desequilibrados, chacoalhando com suas “tempestades” para que caiam as máscaras e se exponha a verdade, assim servindo como auxiliar ao nosso Grande Rei Pai Xangô, que será o protagonista do ano!

Xangô vem para praticar a sua implacável Justiça Divina, fazendo que o plantio realizado em 2017 por cada um de nós com o auxílio de Pai Oxossi, seja colhido de forma justa perante a Lei de Deus.

Executando a sua famosa Lei, pai Xangô com seu machado da mão esquerda solta seu gigante brado dizendo “Quem deve, Paga!” e com o machado da mão direita diz “Quem merece, Recebe!”.

E finalmente a regência do Orixá Exu entrará em vigor a partir do segundo semestre de 2018, aplicando na Terra para os encarnados as determinações e ordens de Xangô, assim ofertando para todos nós o que for de merecimento.

Que Que venha o novo!!!!!!!"

Informações por Luciana Menezes: Taróloga, Numeróloga e Sensitiva. Contato: (34) 9 9893 3800. 



A Penteadeira entra "de férias" nesse período de final e começo de ano e em breve volta com as baterias recarregadas e com muita alegria!!

Muito obrigada pelas visitas ao blog e por todo o carinho de sempre!! Até breve!!

Beiju da Lalá 



Fotos: internet.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Só por hoje


Que o cansaço e o desânimo sejam só por hoje. A querida parceira Renata Corrêa disse aqui muito do que sempre digo!

Terapia profunda


Já ouviu falar em Constelação Familiar? Esse vídeo aqui mostra um pouco da importância dessa terapia profunda. "Faça as pazes com o seu passado, assim ele não atrapalha o seu presente."

O autoconhecimento é extremamente importante. Primeiro se conheça antes de formar uma família.


Foto: internet.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Adoro poá


Eu ADOOOOORO poá!! Essas bolinhas queridas sempre me encantaram na moda. Escolhi uma dica bacana de um blog para compartilhar aqui na Penteadeira. Gosto de divulgar os sites que vou achando em pesquisas pela web. Dá uma olhadinha nesse post bem interessante!!!


Foto: internet

Misturando


Eu gosto de sair misturando os "trem" mesmo! Sem frescura. E uma coisa que faz boas combinações é misturar batons. Sou louca? Todo mundo é um pouco rss... Faça o teste você também! Você ganha novos tons sem gastar mais! 

Eu também misturo perfumes! Sim minha gente! E fica "bão"! 

Veja mais dicas de batons na Penteadeira: aqui.


Foto: internet.

Diquênhas para sapatos



É difícil uma mulher que não goste de comprar sapatos não é mesmo? rss... Mas não precisa exagerar. Basta saber escolher boas opções mais básicas e clássicas para não gastar muito e economizar espaço no guarda-roupa e na mala; e pra combinar com tudo! Praticidade!

Tem sapato mais em conta que é lindo e bom de usar! Eu gosto muito dos da Vizzano

E tem uma diquênha boa pra o chato do chulé que pode aparecer ou já apareceu hahaha... (quem nunca?). Dá uma limpadinha nele e coloque bicarbonato de sódio de um dia para o outro. Depois limpe com paninho seco. Muuuuuito bom!! Teste!!

Quer mais dicas? Veja nesse post que encontrei na internet!


Foto: internet.

Espiritualidade

Texto retirado do grupo no Facebook: Cartas de Karen.
Espaço para publicações de textos da saudosa Karen e sobre espiritualidade.

"Apesar de não publicar psicografias com frequência, mantenho “conversas” com os espíritos. Quando criei a página, nunca me impus fazê-la como obrigação diária. Existe o meu tempo e o tempo dos espíritos. Com certeza faria mais se o meu tempo interno fosse mais dedicado ao ato.

Poderia escrever muitas experiências que tenho. Relacionadas à grandeza do invisível diante das minhas percepções. Farei um pouco disto hoje.

Ontem, de minha sacada, observei uma mulher jovem e drogada, que é traficante. Pensei: Que vida!

Daí, um espírito começou a me dizer, com frases lindas de sabedoria, o que tentarei, superficialmente, recontar:

“Às vezes, quando encarnamos, acabamos por desperdiçar quase que totalmente nossas vidas. Esta moça caminha, respira e existe sem qualquer sentido aparente. O seu fim será igualmente trágico como o é o de sua existência. Não se vê algum aprendizado que a eleve a degraus mais altos de compreensão do amor a si e ao universo.

Porém, para Deus, todos os seres são iguais. Independente do que aparentam e da vida que levam. Diante de Deus, o amor que o conecta a cada ser vivo, de qualquer reino ou dimensão, é totalmente igual. Sem julgamentos (coisa dos humanos em seus limites de compreensão) e este amor de Deus para com o homem é de total admiração. Independente do quadro no qual esteja inserido o homem em uma determinada vida, mesmo em quase nenhum sucesso.”

Ao final, o espírito encerrou com a frase:

“Quando esta moça partir, Deus juntará todos os cacos de sua vida. Assim, ela fará outros recomeços até encontrar o mínimo de amor próprio que a transformará em tempos não divisíveis, numa alma tão santa como aquela de Jesus”.

Que a gratidão seja considerada para que assim, esta brecha de luz nos ensine mais do amor próprio!

Ps. Comecei recontando e meu reconto se fundiu na ajuda psicográfica de mais um enviado de luz.

A minha gratidão a estes seres!

Ps. 2:
Há muito tempo, aparentemente, Karen não me visita.

Bastou eu postar este texto, tornar a sacada e a vi sorridente. Feliz por o ter feito e sempre jovial na sua maneira de falar. Sempre com aquela felicidade tão grande que se olho ao redor digo: Vivemos tragédias teatrais. 

A vida é uma farsa com o único intuito de evoluirmos. Como nada é para sempre, cada vida uma representação nova.

Karen me disse frases lindas mas com cunho familiar e pessoal. A maneira alegre e jovial de me dizer as coisas me fascina e só consigo sentir mais amor por ela.

Através de meu contato com ela, aprendi muitas coisas. Inclusive a sofrer muito menos quando penso nela.

Mesmo com a ausência física, como sofrer por alguém que está infinitamente mais feliz hoje do que antes, na Terra?

A felicidade dela, juro a vocês, é como um oceano sem fim. Se a nossa felicidade é como uma gota d’água, como então sofrer tanto por ela ou por alguém que partiu para um mundo melhor? Eu imagino que este entendimento seria muito mais difícil quando o ente que parte permanece na Terra ou em lugares como o umbral. Fora aqueles que se tornam ovóides por milênios.

Recentemente, estive fotografando o zoológico de Brasília. Quando passei pela jaula das onças, vi que estavam inquietas, caminhando de um lado para o outro.

De repente, comecei a ouvir:
__ Me tira daqui!!

Pensei: Agora, além de ouvir espíritos, ouço os animais... Para tentar entender, forcei a visão e nisso, na colina central da jaula, onde ficam coqueiros e troncos para as onças subirem, vi amarrado num dos coqueiros um adolescente de seus 14 anos, sem camisa.

Era ele quem gritava e logo entendi tudo: Alguns espíritos o haviam amarrado ali para que sentisse pavor dos animais. Provavelmente, o adolescente nem sabia que havia desencarnado. Então rezei, enviei luz e pedi para a espiritualidade o encaminhar.

Para que vejam que um desencarne, dependendo das ligações e dívidas da pessoa com a Terra, pode ser de muito mais sofrimento do que a passagem por aqui."


Mais sobre no: Cartas de Karen

Fotos: internet.

 
Design by Guilherme Maia